ArtigosVício em Pornografia: do prazer à depressão

23 de setembro de 20180
vício em pornografia do prazer a depressão

O vício em pornografia, hoje é considerado um problema de saúde pública. Vários estudos estimam que as taxas internacionais de consumo de pornografia podem variar de 50% a 99% dos homens e 30% a 86% das mulheres.

Pesquisas mostram que a pornografia gera alterações químicas no cérebro de uma pessoa viciada, sendo semelhantes a pacientes que são viciados em cocaína, maconha e outras drogas.  Gerando ativação das regiões cerebrais responsáveis pelos prazeres e vícios como qualquer outra dependência, assim apresentando uma hiper-estimulação de dopamina, hormônio responsável pelo prazer.

Consequências do uso de Pornografia

Uma das consequências do consumo excessivo de pornografia é o distanciamento que o sujeito cria do sexo real, passando a ter dificuldades de se relacionar com pessoas reais. Geralmente, os viciados em pornografias desenvolvem inseguranças, cobrança de performance e outros medos, e quando vão para a prática sexual real, não conseguem executar.

A pornografia desrealiza o sexo, criando grandes teatros que não condizem com aquilo que é a prática sexual normal. Dessa forma, é muito comum o  sujeito  viciado buscar viver no  dia a dia, nas suas relações sexuais, aquelas experiências que estão ali disponíveis no vídeos e/ou imagens, gerando uma série de consequências.

Uma das consequências é masturbação excessiva.  Esse excesso de masturbação faz com que as relações fiquem cada vez mais difíceis, se distanciando aos poucos, de seus parceiros e ainda mais da real sintonia com o ato sexual.

Temos que salientar que o excesso de pornografia e masturbação são associados a um sofrimento psíquico, caso contrário não se faria necessário. Se torna uma forma de saciamento emocional, assim como outras compulsões como as alimentares.

Agravos do vício em Pornografia

A pornografia está associada aos dois problemas sexuais masculinos mais comuns, que são a disfunção erétil psicológica e a ejaculação precoce.

Aqueles que usam da pornografia precisam de estímulos eróticos mais fortes e intensos para ficarem excitados e frequentemente apresentam a disfunção erétil. Já a ejaculação precoce é mais associada ao medo do sexo, fazendo com que ejacule rapidamente como uma fuga. Entretanto, é comum as duas disfunções estarem associadas.

A pornografia é um verdadeiro vício mental no qual a pessoa sente dolorosamente a falta da excitação e a obtém artificialmente.

Os prejuízos gerados por esse tipo de consumo afetam também a produtividade. Viciados consomem um elevado número de horas do dia assistindo vídeos pornográficos, isso vai mudando o padrão do sono, o padrão de lazer, e essas pessoas passam a não ter tempo para fazer outras atividades, ficam sonolentos durante o dia, apresentam falta de concentração e outros complicadores.

Esse vício e suas consequências levam a um isolamento social, se refugiando em si mesmo e nesse mundo virtual elas vão perdendo o interesse de se conectar com pessoas, criando a necessidade de estar cada vez mais no computador. É um ciclo que vai se agravando a cada dia se não tratado.

Estudos mostram que pacientes viciados em pornografias tem mais chances de desenvolver processos depressivos e ansiosos, ou seja, a pornografia rouba sua saúde física e acima de tudo, rouba sua saúde emocional.

A felicidade é muito maior quando se está livre de qualquer vício e buscar tratamento é essencial.

 

terapia sexual online

[ratings]

Alexandre Pifer

Alexandre Pifer

Psicólogo (crp 07/21909), Hipnólogo e Psicoterapeuta Sexual. Alexandre é de descendência italiana e natural de Venâncio Aires, Rio Grande do Sul, onde cresceu e reside até hoje. Seus conhecimentos transcendem a Psicologia, chegando a Hipnose, Programação Neurolinguística e outras formas de terapia de Alto Desempenho. Em seu trabalho com a Neurociência, desenvolveu o método Reprogramação Mental Online, tratamento de grande sucesso e diferencial no mercado, aplicado hoje pelos terapeutas da Terapiando. Atualmente mantém outros projetos e pesquisas junto ao campo da Neurociência e Psicoterapias, na busca de tratamentos mais eficazes e humanos. Atua desde 2013 com serviços clínicos e gestão de pessoas pelo ambiente virtual.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

A Terapiando

A Terapiando iniciou suas atividades em 2013 com o pé em inovação, investindo em serviços pouco conhecidos no mercado como o Atendimento Psicológico Domiciliar e o inovador Atendimento Online. É considerada uma precursora dos tratamentos virtuais no Brasil

Desde seu nascimento, investe pesado em tecnologias para proporcionar os melhores tratamentos do mercado. A Excelência é nossa peça chave. Atualmente contamos com as mais modernas tecnologias de tratamento psicológico disponíveis no mercado, além das desenvolvidas por nós.

Receba nossa Newsletter

© 2019 Terapiando, All Rights Reserved.

© 2019 Terapiando, All Rights Reserved.