Quase todos nós ficamos preocupados com a nossa saúde e bem-estar. É por isso que sempre tentamos comer direito, dormir bem, se exercitar adequadamente e levar um bom estilo de vida. Ser consciente da saúde é essencial e ajuda muito na condução de uma vida saudável, feliz, bem-sucedida e significativa.

No entanto, surgem problemas quando essa consciência de saúde se transforma em “ansiedade de saúde”. Se você se tornou demasiadamente obcecado com sua saúde e fica muito apreensivo que está sofrendo de uma doença grave (sem a presença de sintomas médicos que comprovem), então provavelmente está experimentando ansiedade de saúde ou Hipocondria.

Etimologicamente, é uma desordem de amplificação somática em que a pessoa que sofre dela, fica excessivamente ansiosa ou obcecada sobre suas condições físicas. Acabam vendo em um problema menor, a existência de uma doença grave. Por exemplo, ao tossir, pode achar que está com câncer na garganta.

Pessoas que sofrem de hipocondria muitas vezes exigem cuidados contínuos, apoio e garantia de prestadores de serviços de saúde, familiares e conhecidos.
Veja se você reconhece-se nos sintomas hipocondríacos:

  • Vem ficando excessivamente ansioso ou apreensivo em relação às condições de saúde.
  • Palpitações aumentadas, transpiração profusa, micção frequente, alterações galvânicas e assim por diante.
  • Alterações na Pressão Arterial.
  • Preocupação excessiva.
  • Autoexame, autodiagnostico e excessiva preocupação com o corpo.
  • Recusa aconselhamento médico, quando o mesmo diz que está saudável.
  • Fica tenso quanto aos exames, diagnóstico e procedimentos.
  • Preocupações e às vezes pesadelos.

Além dos sintomas acima, hipocondria também é acompanhada por outros problemas de saúde mental como o Transtorno Obsessivo Compulsivo, Depressão, Ataques de Pânico, Transtorno de Ansiedade Generalizada, entre outros.

A hipocondria pode ser significativamente tratada com a ajuda da Psicoterapia Online ou Presencial, além de ter ajuda com intervenções farmacológicas.

Utilizamos para tratar essa questão a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC), além de utilizar ferramentas como a Hipnose Clínica, Hipnose Conversacional, Mindfulness e Programação Neurolinguística para agilizar o processo.

Alguns casos são possíveis de tratar com Hipnoterapia, mas cabe avaliação prévia.

5/5 - (4 votes)