ArtigosQuando a Procrastinar é a melhor coisa a se fazer |

3 de dezembro de 20140

A procrastinação pode ser um mal  com boas intenções ?! Sim. Há pelo menos três situações em que a procrastinação pode ser a sua fiel companheira.

“Amanhã : Terra mística onde reside 99% da motivação humana e produtividade.”

Nos dias de hoje temos tantas coisas para fazer que procrastinar é algo que nos traz muito sofrimento e desgaste mental, entretanto, nem sempre é a escolha errada. De fato, em algumas ocasiões, é mesmo a melhor coisa que você pode fazer!

Se a procrastinação é um sinal de alarme

Enquanto livros e especialistas continuam a dizer que  procrastinar é errado,devemos fazer o nosso melhor para parar e, finalmente, tornar-se mais produtivos? É claro que eu concordo, mas ao mesmo tempo estou convencido de que a chave não consiste em eliminar o “hábito de procrastinar”, mas sim entender o que esse hábito está tentando nos dizer.

Eu sou muito disciplinado e consciente, mas isso não significa que eu não me pego com frequência, mais do que eu gostaria, pulando descuidadamente de uma atividade para outra para passar o tempo, mesmo sem perceber. E se você procrastina ocasionalmente, não é tão errado? Se a procrastinação for útil para entender melhor a nós mesmos e a maneira como nos relacionamos com o estudo e o trabalho?

Na minha experiência, há três situações em que a procrastinação não é um mal absoluto e pode até nos ajudar a ser mais organizados e eficazes.

 1. Você tem muitos prazos

Não se deixe enganar por todos os prazos que você tem. Não é essencial respeitar todos!

Por favor, não me interpretem mal, eu sou um grande fã de prazos e cada vez que eu sou confrontado com um atraso tento implementar vigorosamente a Lei de Parkinson . Esta estratégia simples funciona perfeitamente para compromissos no curto prazo,  no entantopode ser menos adequada quando aplicada a projetos de longo prazo.

Não dar prazos rigorosos para um objetivo que você deve concluir nos próximos 3 ou 6 meses, muitas vezes leva você a ser pouco objetivo, com o risco de encontrar-se re-planejando seu projeto de forma contínua. Suponho que você saiba exatamente o que eu estou falando.O engraçado é que, em seguida, mesmo se você venha a se esquecer de atualizar seu cronograma de trabalho, sua mente estará consciente da discrepância e adivinha o que será a sua reação natural? Procrastinar.

Se você continua a adiar e sua agenda continua lotada, isso deve ser um sinal de alerta: pode ser devido a muitas vencimentos de longo prazo, que continuam a não serem atendidos.

A solução não é parar de agendar, mas simplesmente precisa começar a fazer suas atividades de forma inteligente. Esqueça os planos ultra-detalhados para seus projetos de longo prazo: para ter uma idéia de quando pretende concluí-las é mais que suficiente. Então não se esqueça de verificar regularmente os seus prazos e atualizá-los em caso de mudanças. Por fim, estar ciente de seus erros de planejamento e aprender a começar.

2. Você está fazendo algo que você não deve fazer

“Fazer as coisas certas é ainda mais importante para fazer as coisas da maneira certa.”

Peter F. Drucker.

Adiar atividades irrelevantes é mais uma daquelas situações em que a procrastinação é a melhor coisa a fazer. O Prof. John Perry, da Universidade de Stanford chama esta abordagem de ” procrastinação estruturada“, e é uma das melhores estratégias para aumentar a sua produtividade pessoal.

Lembre-se: não faça bem qualquer coisa, faça bem algo importante.

Mesmo antes de dar-lhe um prazo ou para forçá-lo a iniciar um negócio, pergunte-se se você realmente precisa dele. Como? É muito simples. Leve a sua lista de coisas para fazer e se perguntar: Que tarefas e atividades poderia …

1 – Adiar.

2 – Eliminar

3 – Delegar

Se puder, lembre-se da sigla AED. Se uma tarefa na sua lista de coisas a fazer é uma atividade AED, tire-a e coloque-a em uma lista especial: a lista de coisas para não fazer. Esta lista será seu passaporte para uma vida com mais tempo para se concentrar no que você realmente ama.

3. Você está esquecendo de tomar o tempo para não fazer nada

“Todas as misérias dos homens derivam principalmente de não ser capaz de sentar-se calmamente em uma sala sozinho.”

B. Pascal.

Pense por um momento, quando foi a última vez que você se deu permissão para simplesmente … não fazer! Estamos sempre correndo para fazer algo, muitas vezes apenas para termos a ilusão de estarmos envolvido em algo importante. Nestas situações, a procrastinação é um sinal claro de que é hora de fazer uma pausa.

A verdade é que, para enfrentar os desafios diários que precisam da nossa mente criativa precisamos estar acordados e ativos. Mas para que isso aconteça, precisamos recarregar.

Alguma vez você já teve uma súbita inspiração? Uma idéia ou solução para um problema que há muito tempo remoia? Estes picos de criatividade quase sempre acontecem quando você não está ativamente a pensar sobre o problema. Talvez durante uma corrida, enquanto lava pratos ou no chuveiro. As idéias mais inesperadas vêm nestes momentos de descanso, porque a mente tem tido tempo para filtrar, digerir e processar.

A próxima vez que você se sentir culpado por ter um pouco de “tempo livre para si mesmo”, pense o quanto útil pode ser essa pausa!

Eu não posso esperar para saber o que você acha deste post. Em particular, eu gostaria de saber se existe uma situação que você está vivendo, onde a procrastinação pode ser uma escolha positiva. Se sim, por que razão?

5/5 - (1 vote)

Alexandre Pifer

Psicólogo (crp 07/21909), Hipnólogo e Psicoterapeuta Sexual. Alexandre é de descendência italiana e natural de Venâncio Aires, Rio Grande do Sul, onde cresceu e reside até hoje. Seus conhecimentos transcendem a Psicologia, chegando a Hipnose, Programação Neurolinguística e outras formas de terapia de Alto Desempenho. Em seu trabalho com a Neurociência, desenvolveu o método Reprogramação Mental Online, tratamento de grande sucesso e diferencial no mercado, aplicado hoje pelos terapeutas da Terapiando. Atualmente mantém outros projetos e pesquisas junto ao campo da Neurociência e Psicoterapias. Atua desde 2013 com terapias virtuais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

A Terapiando

A Terapiando iniciou suas atividades em 2013 com o pé em inovação, investindo em serviços pouco conhecidos no mercado como o Atendimento Psicológico Domiciliar e o inovador Atendimento Online. É considerada uma precursora dos tratamentos virtuais no Brasil

Desde seu nascimento, investe pesado em tecnologias para proporcionar os melhores tratamentos do mercado. A Excelência é nossa peça chave. Atualmente contamos com as mais modernas tecnologias de tratamento psicológico disponíveis no mercado, além das desenvolvidas por nós.

Receba nossa Newsletter

    © 2019 Terapiando, All Rights Reserved.

    © 2019 Terapiando, All Rights Reserved.

    5/5 - (1 vote)