Dependência Emocional: Causas, Sintomas e Tratamentos

Provavelmente você deve ter se sentido dependente emocional alguma vez na vida ou acompanhou um amigo(a) sofrendo com isso. Agora você conhecerá mais sobre esse problema que é muito comum, mas que gera grande sofrimento psíquico.

O que é Dependência Emocional?

Quando o amor se transforma em uma obsessão que domina a mente e faz você sofrer, já não estamos falando de amor, mas de dependência emocional, um problema relacionado com as emoções, pensamentos e comportamentos dos relacionamentos, cada vez mais presente no mundo contemporâneo.

A dependência emocional em uma relação inicial não é patológica. É muito normal, especialmente durante a fase de apaixonamento, que existe certo grau de dependência e fusão com o parceiro. O desejo de dependência deve diminuir com a estabilização da relação entre o casal deixando uma percepção agradável de autonomia. Aqueles que manifestam sintomas de dependência emocional, no entanto, tem um desejo de fusão que permanece inalterada ao longo do tempo. Embora não é considerada nos manuais de diagnóstico como um verdadeiro vício, pode chega a uma forma tão extrema que se torna patológica e têm características semelhantes ao vício e uso de substâncias.

 

Sintomas da Dependência Emocional

A pessoa que sofre dos sintomas da dependência emocional tem uma forte necessidade de estar ligada com a pessoa de quem é dependente emocionalmente, investindo todas as suas energias, vivendo constantemente no esforço de prender o outro a ela, precisando de constante reafirmação que é suficientemente boa e que o companheiro a deseja. São pessoas que geralmente tem dificuldades em identificar os seus próprios objetivos e necessidades, sem a presença de uma figura de apoio.

A necessidade de proteção e baixa autoestima é o tema subjacente de pessoas que sofrem de dependência afetiva, alimentada pela crença de que sua felicidade é completamente dependente da proximidade de uma pessoa solidária.

As características dessas pessoas correspondem às utilizadas por pessoas que sofrem de Transtorno da Personalidade Dependente. Em termos de personalidade, você também pode sobrepor características de transtorno de evitação, histriônico e narcisista de personalidade. A dependência emocional pode levar a sintomas graves, tais como depressão, transtornos alimentares, transtornos de ansiedade, estresse, insônia ou abuso de substâncias.

Os sintomas de dependência emocional não ocorrem necessariamente no relacionamento de um casal, mas também pode ocorrer com os pais ou outros membros da família, com uma figura de amizade ou uma pessoa de autoridade.

Causas da Dependência Emocional

Por mais que tudo tenha uma causa, quando falamos na causa da dependência emocional, ela geralmente é um aglomerado de episódios.

Quando estamos formando nossa personalidade, lá na infância, temos a necessidade de sermos queridos e aceitos, o que buscamos a vida toda, entretanto, na infância, somos mais dependentes e essa necessidade de aceitação é maior.

Geralmente, os problemas afetivos vêm da relação com os pais, de não se sentir querido ou desejado o suficiente, mesmo sendo. Lembrando que a dependência pode ser causada por famílias que dão muito amor, mas a criança não entende isso.

Muitas dependências são causadas na escola, por não sermos aceitos por um grupo de colegas. Por mais que citemos vários causadores ou agravadores desse tipo de questão, ela comumente é a soma de tudo. Seria como se reforçássemos que uma pessoa não é querida, por um problema com os pais, depois por uma dificuldade de aceitação entre os amigos e até mesmo em um relacionamento afetivo.

 

Tratamentos para Dependência Emocional

O tratamento mais comum ainda é a psicoterapia, levando o sujeito a reconhecer a dependência emocional e as armadilhas cognitivas que o levam ao sofrimento e infelicidade. Os principais objetivos do tratamento incluem: resolver os principais sintomas da dependência emocional, melhorar a autoestima, desenvolver o reconhecimento de competências de assertividade e expressão de validação das necessidades e emoções, adquirir autonomia, padrões de mudança de vinculação insegura, processamento e contenção de experiências negativas da infância e criação de conexões significativas e satisfatórias.

tratamento dependência emocional

Por mais que o tratamento não seja complexo, ele é geralmente um pouco demorado, uma vez que as relações que a pessoa tem geram altos e baixos, interferindo negativamente no processo terapêutico. Por isso, é essencial que busque um profissional especializado, para diminuir sofrimento e até mesmo para que não fique gastando tempo e dinheiro.

Reprogramação Mental ou Hipnoterapia

Quando é identificado que o problema é gerado por padrões inconscientes da infância, induzimos o paciente a um transe hipnótico, formal ou conversacional, regredindo até aquela etapa, ressignificando os eventos traumáticos e dando uma nova perspectiva. Esse tipo de abordagem é muito eficaz, funcionando melhor que a tradicional psicoterapia. Nesse caso o processo é realizado por Reprogramação Mental ou Hipnoterapia.

É comum de o problema ser um aglomerado de episódios, nesse caso é feito um processo de limpeza emocional, removendo a emoção negativa e trabalhando os pontos necessários.

A Terapiando presta Terapias Online e Presenciais para esta questão.

[ratings]

5/5 - (4 votes)

Alexandre Pifer

Psicólogo (crp 07/21909), Hipnólogo e Psicoterapeuta Sexual. Alexandre é de descendência italiana e natural de Venâncio Aires, Rio Grande do Sul, onde cresceu e reside até hoje. Seus conhecimentos transcendem a Psicologia, chegando a Hipnose, Programação Neurolinguística e outras formas de terapia de Alto Desempenho. Em seu trabalho com a Neurociência, desenvolveu o método Reprogramação Mental Online, tratamento de grande sucesso e diferencial no mercado, aplicado hoje pelos terapeutas da Terapiando. Atualmente mantém outros projetos e pesquisas junto ao campo da Neurociência e Psicoterapias. Atua desde 2013 com terapias virtuais.

8 comments

  • Anna Sylvia

    9 de janeiro de 2018 at 23:35

    Como faço para iniciar terapia para dependência emocional?
    Eu percebo que estou vivendo isso atualmente!!!

    • Terapiando

      10 de janeiro de 2018 at 07:51

      Olá Anna.
      A dependência pode ser tratada com Psicoterapia, mas muitas vezes é interessante usar uma ou duas sessões de Reprogramação Mental, assim agiliza e muito a resolução do problema.
      Temos a opção de você tratar na clínica ou pelo ambiente virtual. Ambas os tratamentos promovemos online.
      Quaisquer dúvidas fico à disposição.
      Abraço
      Inês

  • Valquíria

    14 de janeiro de 2018 at 19:17

    Olá, estou sofrendo muito com a separação após 9 anos juntos. Lendo diversos artigos e matérias, percebi que me encaixo neste perfil de dependência emocional. Estou indo para a quarta sessão de psicoterapia, mas a psicóloga não abordou que posso ter esta dependência em.momento algum. Devo perguntar a ela se me.encaixo ou foram poucas as sessões pra se chegar nesta conclusão Extremamente grata pela resposta. E parabéns pelo material de fácil entendimento.

    • Terapiando

      15 de janeiro de 2018 at 08:08

      Olá Valquíria.
      Deve sim conversar com ela sobre!
      A terapeuta não pode ser apenas ouvinte no processo de terapia, ela precisa te direcionar para que resolva no mais curto prazo as suas questões.
      Se necessário, temos o profissional que escreveu este artigo atendendo por terapia online. Pode consultar no topo do site.
      Boa semana!
      Abraço

  • Clau

    15 de janeiro de 2018 at 13:22

    Eu amo seu post obrigado.

    • Terapiando

      15 de janeiro de 2018 at 13:31

      Olá Clau.
      Obrigada pelo seu comentário!
      Abraço
      Inês

  • Pingback: Dependência Afetiva: a necessidade de ser amado | Terapiando

  • Cristina

    6 de agosto de 2018 at 11:20

    Olá, e quando a dependência emocional é na amizade? O que fazer?

Comments are closed.

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

logo Terapiando

Visite-nos nas Redes Sociais:

A Terapiando

A Terapiando iniciou suas atividades em 2013 com o pé em inovação, investindo em serviços pouco conhecidos no mercado como o Atendimento Psicológico Domiciliar e o inovador Atendimento Online. É considerada uma precursora dos tratamentos virtuais no Brasil

Desde seu nascimento, investe pesado em tecnologias para proporcionar os melhores tratamentos do mercado. A Excelência é nossa peça chave. Atualmente contamos com as mais modernas tecnologias de tratamento psicológico disponíveis no mercado, além das desenvolvidas por nós.

Receba nossa Newsletter

© 2019 Terapiando, All Rights Reserved.

© 2019 Terapiando, All Rights Reserved.

5/5 - (4 votes)