Este artigo é direcionado a sanar uma dúvida que é recorrente entre as pessoas e até mesmo aos profissionais da saúde em geral. Grande parte dos psicólogos comete o equivoco de pensar e falar que a psicoterapia é uma metodologia restrita aos profissionais de sua área, entretanto não é bem assim. Inclusive, visualizei comentários de psicólogos e psiquiatras achando que ao complementar a psicoterapia com outras técnicas como a EMDR, Hipnose ou até mesmo Florais, desqualifica o termo. Conclusão totalmente equivocada, já que são ferramentas muito utilizadas no processo de psicoterapia.

 

Afinal, o que é Psicoterapia?

A psicoterapia, segundo Knobel (2002), é um procedimento técnico de um vínculo humano, baseado num referencial teórico da estrutura da personalidade e dos comportamentos das relações interpessoais, mediante o qual uma pessoa tenta ajudar a outra que necessita de algum tipo de assistência para aliviar ou melhorar suas condições atuais de vida, e assim, atingir um melhor nível de desenvolvimento enquanto ser humano.

Para Laplanche e Pontalis (2008, p. 393), a psicoterapia é  “qualquer método de tratamento dos distúrbios psíquicos ou corporais que utilize meios psicológicos e, mais precisamente, a relação entre o terapeuta e o doente”. Para estes autores a hipnose, a sugestão, a psicanálise são exemplos de psicoterapia.

Os profissionais que mais comumente utilizam a psicoterapia são os Psicólogos Clínicos (Sim! Ser psicólogo não é sinônimo de ser psicoterapeuta), Psicanalistas e Psiquiatras. Indo um pouco além, Terapeutas Holísticos, Reikianos, Ocupacionais  e outros.

O CRP SP cita:

Para começar, é importante lembrar que a psicoterapia, no estágio atual da profissão no Brasil, é uma prática não exclusiva do psicólogo. Segundo a Lei nº 4.119/1962, § 1º: Constitui função privativa do Psicólogo a utilização de métodos e técnicas psicológicas com os seguintes objetivos: a) diagnóstico psicológico; b) orientação e seleção profissional; c) orientação psicopedagógica; d) solução de problemas de ajustamento.

Em resumo, qualquer profissional, formado ou não, que busca ajudar por meio de métodos e técnicas outras pessoas, as quais estão passando por dificuldades ou sofrimento psíquico, pode se intitular psicoterapeuta.

Logicamente que, ao ser formado em psicologia e psicanálise, linhas que estudam e aplicam especificamente a psicoterapia, há mais chances de encontrarmos bons psicoterapeutas. Cabe lembrar que a pessoa formada em psicologia não precisa se conveniar ao CRP e se intitular psicólogo para ser psicoterapeuta. Dessa forma, continuam prestando os serviços dentro da lei, submetidos não aos CRPs, mas sim ao Ministério Público, uma vez que são profissões distintas.

Se estiver na busca de um psicoterapeuta ou psicólogo, antes de qualquer coisa, procure alguém com o qual simpatize e se sinta acolhido, peças fundamentais para que o tratamento seja bem sucedido.

Hoje em dia, pela acessibilidade da internet, fica mais fácil encontrar e conhecer o seu psicoterapeuta antes mesmo de chegar ao consultório, por isso dê uma pesquisadinha, fará bem para sua saúde e para seu bolso, afinal terapia é cara e protelar sofrimento é mais ainda.

5/5 - (5 votes)

4 comentários em “Quais os profissionais que fazem Psicoterapia?”

  1. Hermes Lopes Costa

    Tenho ,69 anos nasci com Déficit de Atenção, e outras questões que amarraram em todas áreas da vida. Fiz piscoterapias, porém acreditava que o profissional era quem resolveria meu caso. Porém não foi bem isto, o que faço.

    1. Olá Hermes.
      O terapeuta é sempre mediador do processo de mudança, te direcionando para que resolva suas questões, entretanto, caso você não se mobilize, não terá evoluções no quadro.
      Quaisquer dúvidas ficamos à disposição.
      Atenciosamente, Gabriela Alves.

  2. Interessante isso, sou hipnoterapeuta e trabalho com sistêmica familiar, até thetahealing, sempre me remete que a psicoterapia é a a terapia psicológica, mas alguns psicólogos já me bombardearam dizendo que a psicoterapia é propriedade da psicologia e não tenho direito de usar, então é tenso viu! Mas acho que com esse seu artigo agora posso usar!

    1. Olá Leandro.
      Se a psicoterapia tivesse um dono, seria da filosofia.
      Quem trabalha com hipnose entra nas terapias holísticas, que são legais no Brasil. Só é melhor não usar o termo psicoterapia, já que as pessoas em geral acham que é coisa de psicólogo, assim você não arruma problema. Usa os termos terapia, hipnoterapia ou terapia sistêmica para anunciar.
      E relaxa, psicólogos vão sempre dizer isso pra você, ainda mais que se veem perdendo pacientes para outros profissionais, e estão. hehehe
      Abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.